12 TOQUES: Bicampeão! Léo Anache vence a 5ª e última etapa do Aryzão

Pódio é completado por Roberto Giolo, Cláudio Júnior e Luigi Mollerke; veja resultados

12 TOQUES: Roberto Giolo é heptacampeão estadual

Veterano botonista faturou todos os títulos disputados desde a fundação da Fefumems; leia crônica

DADINHO: Invicto, Alexandre Aires vence 8ª etapa da Liga

Pódio é completado por Marcus Ohya, Léo Anache e Willian Izaias

DADINHO: Sobotoms é tricampeã estadual de equipes

Fernando Reis, Roberto Giolo e Rodrigo Alva levantam a taça de forma invicta em 2019

HALL DA FAMA: Todos os campeões do futebol de mesa

Veja galeria de troféus dos principais torneios oficiais promovidos pela Fefumems

QUEM SOMOS: Veja os botonistas cadastrados em Mato Grosso do Sul

Confira a ficha de cada atleta e o currículo nas principais competições

ESTATÍSTICAS: Todos os torneios oficiais e amistosos

Veja o desempenho de cada botonista em cada torneio da Fefumems

sábado, 27 de fevereiro de 2016

Resultados da 1ª etapa da Liga Pantaneira de futebol de mesa - dadinho


1ª etapa da Liga Pantaneira de futebol de mesa - modalidade dadinho
27/02/2016 - Círculo Militar de Campo Grande

Participantes (8):
BENEIDES Júnior
CLAUDIO COCA
CLAUDIO JUNIOR
FERNANDO Reis
LUIGI Mollerke
RENATO Garcia
ROBERTO Giolo
RODRIGO Alva

Rodada 1

Luigi       0 x 0  Fernando
Rodrigo     0 x 1  Roberto
Coca        0 x 2  Renato
Claudio Jr. 0 x 3  Beneides

Rodada 2

Beneides    1 x 0  Coca
Luigi       0 x 0  Rodrigo
Renato      3 x 2  Roberto
Fernando    0 x 2  Claudio Jr.

Rodada 3

Claudio Jr. 0 x 1  Luigi
Rodrigo     1 x 1  Renato
Coca        0 x 0  Fernando
Roberto     0 x 1  Beneides

Rodada 4

Fernando    0 x 2  Roberto
Beneides    0 x 2  Renato
Luigi       0 x 1  Coca
Claudio Jr. 0 x 0  Rodrigo

Rodada 5

Renato      1 x 1  Fernando
Coca        1 x 1  Claudio Jr.
Roberto     2 x 2  Luigi
Rodrigo     3 x 1  Beneides

Rodada 6

Luigi       3 x 1  Renato
Coca        1 x 0  Rodrigo
Fernando    0 x 1  Beneides
Claudio Jr. 0 x 3  Roberto

Rodada 7

Rodrigo     0 x 0  Fernando
Roberto     3 x 1  Coca
Beneides    0 x 1  Luigi
Renato      1 x 1  Claudio Jr.

*** Campeão: ROBERTO GIOLO ***

Classificação final

P. Técnico      P   J   V   E   D   GP  GC  S   Apr.
1. Roberto      13  7   4   1   2   13  7   6   61,9%
2. Beneides     12  7   4   0   3   7   6   1   57,1%
3. Luigi        12  7   3   3   1   7   4   3   57,1%
4. Renato       12  7   3   3   1   11  8   3   57,1%
5. Coca         8   7   2   2   3   4   7   -3  38,1%
6. Rodrigo      7   7   1   4   2   4   4   0   33,3%
7. Claudio Jr.  6   7   1   3   3   4   9   -5  28,6%
8. Fernando     4   7   0   4   3   1   6   -5  19%

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Regulamento da Liga Pantaneira de Dadinho 2016

FEDERAÇÃO DE FUTEBOL DE MESA DE MATO GROSSO DO SUL - FEFUMEMS

LIGA PANTANEIRA - MODALIDADE DADINHO

REGULAMENTO EDIÇÃO 2016

1) DA COMPETIÇÃO

a) A Liga Pantaneira de Futebol de Mesa – modalidade dadinho, organizada pela FEFUMEMS, é composta de 10 (dez) etapas entre os meses de fevereiro e dezembro de 2016;

b) a participação na Liga Pantaneira é aberta a botonistas filiados e não-filiados à FEFUMEMS;

c) O quórum mínimo para a realização da etapa é de cinco inscritos. Eventos com número inferior ao quórum serão cancelados e não serão repostos;

d) Será proclamado campeão da Liga Pantaneira o botonista que somar mais pontos ao término das 10 (dez) etapas, considerando o descarte de 20% (vinte porcento) dos resultados de etapas. Em caso de igualdade de pontos entre dois ou mais botonistas, o critério de desempate será: i) maior número de etapas conquistadas; ii) maior número de segundos lugares nas etapas; iii) maior número de terceiros lugares nas etapas; iv) maior número de jogos vencidos no somatório das etapas válidas.

2) DA PARTICIPAÇÃO

a) As datas e locais de realização das etapas, assim como os valores de inscrição, serão amplamente divulgados por meio de e-mails, página oficial (http://www.fefumems.org.br) e imprensa.

b) A título de taxa de inscrição, serão cobrados R$ 10 (dez reais) por etapa, independentemente da filiação ou não do botonista.

c) Caso o atleta se inscreva ao torneio e não compareça, não haverá qualquer punição de ordem técnica. Caso o botonista pague a inscrição antecipadamente e não compareça, a importância não será devolvida.

c) O tempo máximo de tolerância para atrasos é de três partidas, contadas a partir do horário de início da competição. Neste caso, fica preservado ao botonista o direito de disputar as partidas em atraso, até o limite máximo de três jogos. Botonistas que chegarem ao local com o prazo de tolerância esgotado estarão automaticamente excluídos do torneio.

3) DO MATERIAL

Os atletas devem manter seus times em conformidade com a regra dadinho, no que se refere às dimensões e à numeração. Súmulas e caneta para anotação de gols e artilharia serão fornecidas pela FEFUMEMS.

4) DA FÓRMULA DE DISPUTA

4.1) DE 5 (CINCO) A 8 (OITO) JOGADORES INSCRITOS

a) A fórmula de disputa será "todos contra todos". Com cinco ou seis jogadores, haverá turno e returno. Com sete ou oito jogadores, haverá turno único. O campeão será aquele que somar mais pontos ao término das disputas.

b) Caso dois ou mais jogadores terminem o campeonato empatados em número de pontos, os critérios de desempate devem ser aplicados na ordem que se segue: i) maior número de vitórias; ii) confronto direto; iii) maior saldo de gols; iv) maior número de gols pró; v) partida extra, com prorrogação e gol de ouro.

4.2) NOVE OU MAIS JOGADORES INSCRITOS

a) os botonistas serão divididos nos seguintes grupos, com jogos em turno único, conforme diagrama a seguir:

9 a 14 jogadores - 2 grupos
15 a 21 jogadores - 3 grupos
22 a 32 jogadores - 4 grupos

b) para a segunda fase (semifinal, quartas ou oitavas), a classificação de botonistas será feita conforme o diagrama a seguir, e com vagas sendo distribuídas respeitando a proporcionalidade dos grupos:

8 a 12 jogadores - quatro vagas para semifinal
13 a 23 jogadores - oito vagas para as quartas de final
24 a 32 jogadores - dezesseis vagas para as oitavas de final

c) A segunda fase (semifinal, quartas ou oitavas) terá caráter eliminatório e será disputada em jogo único. Em caso de empate no tempo normal, avança à final o botonista com melhor campanha na fase anterior;

d) Eliminados nas semifinais vão disputar a 3ª posição em jogo único. Em caso de empate no tempo normal, será considerado terceiro colocado o botonista com melhor campanha na fase anterior;

e) A terceira fase (final) terá caráter eliminatório e será disputada em jogo único. Em caso de empate no tempo normal, avança à final o botonista com melhor campanha no somatório das fases anteriores.

5) DA PONTUAÇÃO PARA A CLASSIFICAÇÃO

a) O primeiro colocado da etapa da Liga Pantaneira ganhará 14 pontos. O segundo colocado, 10 pontos. O terceiro, 8 pontos. O quarto, 6. O quinto, 5. O sexto, 4. O sétimo, 3. O oitavo, 2. Do nono em diante, todos receberão 10% dos gols pró marcados a título de pontuação.

b) Serão acrescidos à pontuação 10% dos gols pró marcados por cada botonista, ao término de cada etapa.

6) DA ARBITRAGEM

a) Sempre que algum atleta julgar necessário, e havendo a disponibilidade, poderá solicitar aos organizadores do evento a presença de um árbitro durante a partida. O pedido deverá, obrigatoriamente, ser feito antes do início da partida. A decisão do árbitro é soberana e deve ser acatada pelos atletas.

b) Todo atleta que estiver apto e disponível para arbitrar uma partida, mas se negar a fazê-lo, estará sujeito à advertência e às demais sanções previstas em regulamentos disciplinares.

7) DAS OCORRÊNCIAS

Caso haja alguma ocorrência de natureza grave durante a realização de uma partida, o árbitro designado para a partida deverá fazer um relato por escrito, após o término do jogo, e encaminhar o documento à FEFUMEMS, que irá apurar os fatos e tomar as devidas providências, convocando, se preciso for, as partes.

8) DO ABANDONO

Caracteriza abandono o fato de o botonista ter disputado ao menos uma partida do torneio e desistido dos demais confrontos, não importando o número de jogos restantes. Se o jogador abandonar o torneio, será automaticamente eliminado da competição, e seus resultados serão anulados.

9) DA PREMIAÇÃO

Serão premiados com medalhas o primeiro, segundo e terceiro colocados da etapa. O campeão da Liga Pantaneira terá direito a um troféu permanente.

10) DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Os casos omissos ou duvidosos deverão ser resolvidos, nos termos estatutários, pela diretoria da FEFUMEMS, entidade organizadora da Liga Pantaneira de Futebol de Mesa – modalidade dadinho.

Campo Grande, MS, 25 de fevereiro de 2016.

Diretoria da Federação de Futebol de Mesa de Mato Grosso do Sul (FEFUMEMS)

* Atualizado em 20 de abril de 2016

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Inscrições abertas - 1ª etapa da Liga Pantaneira 2016

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Regulamento do Torneio Ary Novaes (Aryzão) - Bola 12 toques

FEDERAÇÃO DE FUTEBOL DE MESA DE MATO GROSSO DO SUL

TORNEIO ARYZÃO - MODALIDADE BOLA 12 TOQUES

REGULAMENTO (atualizado em 08 de fevereiro de 2016)

1) DA REALIZAÇÃO DO EVENTO

a) O Torneio Aryzão - modalidade bola 12 toques será realizado em 5 (cinco) etapas, e será proclamado campeão estadual da temporada 2016 o botonista que, ao término das etapas, ficar em primeiro lugar na somatória de pontos do Ranking, considerando as 4 (quatro) etapas com maior pontuação, ou seja, com uma etapa de descarte.

b) Para realização de cada etapa, será necessário um número mínimo de 4 (quatro) botonistas. Caso este quórum não seja atingido, a etapa não será transferida para outra data. As datas das etapas estarão disponíveis na Agenda do site da FEFUMEMS.

c) Para cada etapa, haverá chamada para o evento no site e no facebook da FEFUMEMS, sendo que os interessados deverão se pronunciar até 30 min. antes do início do evento.

2) DA FÓRMULA DE DISPUTA

a) O torneio será disputado no formato de pontos corridos, jogando todos contra todos em turno único quando houver até 10 participantes. A partir de 11 inscritos, serão formados 2 grupos em que classificarão os 4 primeiros para as quartas de final. Somente no caso de haver apenas o número mínimo de participantes (quatro), o formato será em dois turnos com pontos corridos. 

b) Caso dois ou mais jogadores terminem o campeonato empatados em número de pontos, os critérios de desempate devem ser aplicados na ordem que se segue: maior número de vitórias; maior saldo de gols; maior número de gols pró; confronto direto; sorteio.

2.1) QUARTAS DE FINAL, SEMIFINAL E FINAL

a) Os jogos terão caráter eliminatório e serão disputados em jogo único, com vantagem de empate para o botonista que apresentar melhor classificação.

2.2) DECISÃO DE 5º A 8º LUGAR

a) Eliminados nas quartas de final vão compor duas chaves alternadas (A x C e B x D), para disputar vaga em jogo único. Quem vencer, decide o quinto lugar, também em jogo único. Os perdedores decidem o sétimo lugar, em jogo único.

2.3) DECISÃO DE 3º LUGAR

a) Eliminados nas semifinais vão disputar a 3ª posição em jogo único.

3) DA PONTUAÇÃO PARA O RANKING

a) O último colocado do torneio recebe 1 ponto, o penúltimo 2, até o primeiro, que recebe o número de competidores mais 2 pontos. Esses pontos serão acumulados no Ranking 2016;

b) Para classificação final do Ranking, para definição do campeão, serão consideradas as 4 etapas com melhor pontuação de cada botonista, com uma etapa de descarte (pior pontuação).

4) DA ARBITRAGEM

a) Sempre que algum atleta julgar necessário, e havendo a disponibilidade, poderá solicitar aos organizadores do evento a presença de um árbitro durante a partida. O pedido deverá, obrigatoriamente, ser feito antes do início da partida. A decisão do árbitro é soberana e deve ser acatada pelos atletas.

b) Todo atleta que estiver apto e disponível para arbitrar uma partida, mas se negar a fazê-lo, estará sujeito à advertência verbal. Em caso de reincidência, o atleta poderá perder 5 (cinco) pontos no ranking.

5) DAS OCORRÊNCIAS

Caso haja alguma ocorrência de natureza grave durante a realização de uma partida, as partes envolvidas deverão fazer um relato por escrito, após o término do jogo, e encaminhar o documento à diretoria da modalidade da FEFUMEMS, que irá apurar os fatos e tomar as devidas providências, convocando, se preciso for, as partes.

6) DO WO E DO ABANDONO
a) Caso o jogador tenha jogos pendentes e não esteja presente no local e horário da partida, a organização concederá 15 minutos de tolerância. Se o prazo se esgotar e o atleta continuar ausente, terá WO declarado em seu desfavor.

b) Se o jogador faltar ao segundo jogo na mesma competição, o fato caracteriza abandono. O atleta ausente será automaticamente eliminado do torneio. Além disso, o abandono dará direito de reversão do resultado para todos os botonistas que tiverem empatado ou perdido antes do fato consumado. O novo resultado será considerado como a vitória por 2 a 0.

c) O jogador que, em uma mesma temporada, abandonar duas competições promovidas pela FEFUMEMS, será punido com suspensão automática. A pena terá vigência de um torneio, independentemente da característica da competição (copa, etapa, campeonato etc.) e do ano em que for realizado. Em caso de reincidência (isto é, dois novos abandonos), a pena será acrescida de um torneio, e assim sucessivamente.

7) DA PREMIAÇÃO

a) Em cada etapa, serão premiados com medalhas os quatro primeiros colocados e, também, haverá distribuição de medalhas para o botonista com “Melhor ataque”, “Melhor defesa” e com “Botão artilheiro”.

b) ao término das 5 etapas, o primeiro colocado do ranking (desde que que tenha vencido ao menos uma etapa) receberá um troféu de campeão estadual da temporada.

8) DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Os casos omissos ou duvidosos deverão ser resolvidos, nos termos estatutários, pela diretoria da FEFUMEMS, entidade organizadora do Torneio Ary Novaes (Aryzão) de Futebol de Mesa – modalidade bola 12 toques.

Campo Grande, MS, 08 de fevereiro de 2016.

Roberto Giolo – Diretor da modalidade bola 12 toques
Federação de Futebol de Mesa de Mato Grosso do Sul (FEFUMEMS)

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Aberta a temporada 2016 do futebol de mesa

Amigos botonistas,

estamos dando início à temporada 2016 com mudanças na organização do futebol de mesa, visando aumentar o número de participantes a cada evento e melhorar o nível técnico das competições.

Confira um resumo dos principais tópicos:

1) ANUIDADE 2016

- R$ 30, mesmo valor para novos botonistas ou renovações de filiados
- valor deve ser pago à tesouraria até 30 de abril

2) TAXA DE INSCRIÇÃO

- R$ 5 por evento, a serem pagos no ato da competição

3) INSCRIÇÕES

- devem ser feitas antecipadamente pelo site oficial
- inscrição na hora está liberada
- quórum mínimo: 5 inscritos para Dadinho e 4 inscritos para Bola 12 Toques
- Eventos sem quórum serão cancelados e não serão repostos;

4) DIRETOR DE MODALIDADE

- Roberto Giolo ficará responsável pela parte técnica da regra Bola 12 Toques

5) TORNEIOS

- Serão 11 eventos da regra Dadinho, e outros 5 eventos da regra Bola 12 Toques, a saber:

* 10 etapas da Liga Pantaneira de dadinho (fevereiro a dezembro)
* 1 Copa MS de dadinho (a definir)
* 5 etapas do Torneio Ary Novaes de Bola 12 Toques (março, maio, julho, setembro e novembro)

Clique aqui para ver o calendário 2016

Observação: regulamentos e tabelas das competições serão elaboradas a posteriori. O calendário possui datas básicas e ainda serão confirmadas pelas diretorias de cada modalidade

Cene Círculo Militar de Campo Grande Comercial Escola do São Paulo Operário Sobotoms